PSB fará registro de Marina com apoio integral da aliança

Segundo partido, o registro no TSE será feito com o apoio de todos os partidos da coligação

São Paulo – O PSB vai registrar nesta sexta-feira no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a candidatura à Presidência da República de Marina Silva e Beto Albuquerque, como vice, com o apoio de todos os partidos da coligação, informou a campanha em nota.

Marina e Albuquerque vão substituir a chapa Eduardo Campos e Marina Silva após a morte trágica do candidato em acidente aéreo na semana passada.

“O registro acontece com anuência de todos os partidos da aliança, que aprovaram a composição da nova chapa. São eles: PSB-Rede-PPS-PPL-PHS-PRP-PSL”, disse a nota.

A Rede Sustentabilidade, apesar de contar com certa estrutura, ainda não foi formalizada como partido pela justiça eleitoral.

O PSB passou os últimos dias em reuniões para compor uma nova chapa, após a morte repentina de Campos.

A condução das conversas, no entanto, levantou críticas de pelo menos dois partidos coligados, PHS e PSL, que, embora reconhecessem a naturalidade da escolha de Marina, queriam participar da negociação.

O partido anunciou na quarta-feira que Marina, então vice de Campos, encabeçará a chapa, tendo Albuquerque como vice.

Segundo a assessoria do PSB, o presidente da sigla, Roberto Amaral, deverá protocolar o pedido de registro da nova chapa no fim da tarde desta sexta-feira, acompanhado de advogados do partido.

Texto atualizado com mais informções às 16h26min do mesmo dia.