Procuradoria pede prisão de Lula após julgamento de recurso

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) julga nesta terça-feira, 6, o pedido de habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

A Procuradoria Regional da República da 4ª Região se manifestou pelo imediato início do cumprimento da pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva após o julgamento dos embargos de declaração no âmbito do Tribunal Regional Federal da 4ª Região. O petista foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão pelos desembargadores da Corte recursal da Lava Jato no caso triplex.

A defesa do ex-presidente Lula entregou no dia 20 de fevereiro o embargo de declaração contra o acórdão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

Por meio do recurso, a defesa questionou obscuridades nos votos dos desembargadores da Corte de apelação da Operação Lava Jato, que por 3 a 0 aumentaram a pena do petista por corrupção e lavagem de dinheiro em 24 de janeiro.

A defesa apontou omissões, obscuridades ou contradições no mérito do acórdão. Os advogados indicaram ainda omissões nas preliminares do julgamento.

Em parecer entregue à Corte, a Procuradoria se manifestou pelo parcial provimento do recurso, reconhecendo dois erros materiais, mas rejeitou as 38 omissões, 16 contradições e 5 obscuridades apontadas pela defesa.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Adriano Domingues

    JUSTIÇA IGUAL PRA TODOS . LULA PRESO JA ! LUGAR DE CONDENADO É NA CADEIA.

  2. sinesio gimene

    cadeia pro bandido , o pau de arara quis se dar bem e cai do caminhao

  3. sinesio gimene

    a jararaca esta querendo escapar da paulada, de chance nao tem que acertar a cabeça dele pra nunca mais matar ninguem