Imprensa internacional repercute prisão de Temer na Lava Jato

The Guardian, New York Times e BBC: veja como a prisão do ex-presidente do Brasil repercutiu em outros noticiários ao redor do mundo

São Paulo — A imprensa internacional está repercutindo a prisão do ex-presidente da República Michel Temer, no âmbito da operação Lava Jato nesta quinta-feira (21).

O jornal argentino Clárin define a Lava Jato como a “maior operação contra a corrupção na história do país” e diz que Temer é o segundo ex-presidente do Brasil a ser preso pela operação.

Já o diário norte-americano New York Times deu um breve resumo de como a prisão de Temer aconteceu e das acusações feitas ao ex-presidente.

O jornal britânico The Guardian diz que Temer teve “um papel crucial no impeachment de Dilma Rousseff em 2016” e que “a prisão dele já era iminente desde seu mandato como presidente”.

Já a também britânica BBC News define o ex-presidente como “profundamente impopular” e conta que a Polícia Federal estava tentando localizar Temer desde quarta-feira (20).

O jornal irlandês The Irish Times replicou uma reportagem da agência de notícias Reuters na qual se fala que “O Senhor Temer negou repetidamente qualquer crime” e que “a Bolsa caiu 1,5% com a notícia”.