Previdência não será mudada por projeto de lei, diz Meirelles

O ministro da Fazenda acrescentou ainda que não haverá aumentos de impostos neste ano

São Paulo – O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, indicou nesta quarta-feira que o governo não tentará aprovar pontos da reforma da Previdência por meio de projetos de lei ou outras alternativas, acrescentando ainda que não haverá aumentos de impostos neste ano.

“Não me parece justificável soluções alternativas (para a reforma da Previdência)”, disse o ministro ao ser questionado se haveria possibilidade de mudar a Previdência via projeto de lei durante entrevista à rádio Bandeirantes.

O governo colocou um ponto final na tentativa de aprovar a reforma da Previdência via Proposta de Emenda à Constituição (PEC) após a intervenção federal na segurança pública no Estado do Rio de Janeiro, que impede alterações constitucionais enquanto estiver em vigor.