Presidente Dilma é condecorada com a mais alta ordem da Bulgária

O país é terra natal do pai de Dilma, Pedro Rousseff, que emigrou ao Brasil em 1929

Sófia – O presidente búlgaro, Georgi Parvanov, concedeu nesta quarta-feira à presidente Dilma Rousseff a ordem Stara Planina, a mais alta condecoração do país, terra natal do pai de Dilma, Pedro Rousseff, que emigrou ao Brasil em 1929.

“Estou feliz e emocionada por visitar a Bulgária. Desde o momento em que pisei nesta terra, me vejo rodeada de atos e expressões de carinho que me fazem sentir ligada a este país. Tudo é em memória do meu pai”, declarou Dilma durante a cerimônia.

A presidente brasileira, que chegou terça-feira à noite na Bulgária, iniciou sua agenda oficial nesta quarta. Dilma recebeu a condecoração em reconhecimento de seu trabalho para desenvolver relações entre os dois países, explicaram à Agência Efe fontes dos serviços de protocolo da presidência búlgara.

“Vim aqui para transformar este carinho em gestos concretos para a aproximação dos dois países”, declarou a presidente.

Parvanov, que recebeu de Dilma a Ordem do Cruzeiro do Sul, expressou convicção de que contatos entre instituições e empresários da Bulgária e do Brasil “darão um forte estímulo às relações econômicas entre os países”.

O líder búlgaro declarou que durante as conversas que manteve com a presidente brasileira trataram temas relacionados com a energia, especialmente a nuclear e as renováveis.

“Acho que o empresariado brasileiro descobrirá que a Bulgária é um bom lugar para investir”, afirmou Parvanov, que destacou os setores agrícola, farmacêutico e químico como possíveis áreas de investimento.

Os presidentes também discutiram a possível cooperação na esfera das comunicações, cultura e esporte, e participaram da assinatura de um convênio de cooperação econômica entre os países.

Além disso, os ministros de Relações Exteriores da Bulgária e do Brasil, Nikolay Mladenov e Antonio Patriota, assinaram uma declaração conjunta de cooperação em tecnologias da informação.

Dilma deve se reunir nesta quarta-feira com o primeiro-ministro búlgaro, Boiko Borisov, que oferece um almoço em sua honra, e presidir um fórum de empresários dos dois países.

Na quinta-feira, a presidente deve viajar a Gabrovo, cidade onde seu pai nasceu, e visitar uma exposição sobre sua família no Museu Regional de História com o título: “As raízes búlgaras de Dilma Rousseff”.