Presidente Dilma anuncia ações voltadas aos quilombolas

As ações serão executadas pela Seppir, em parceria com os ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, da Educação, da Cultura e do Desenvolvimento Agrário

São Paulo – A presidente Dilma Rousseff anuncia, nesta quarta-feira, um pacote de medidas voltadas às comunidades quilombolas, que abrangem os eixos de inclusão produtiva, regularização fundiária, direitos e cidadania.

As ações serão executadas pela Seppir, em parceria com os ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, da Educação, da Cultura e do Desenvolvimento Agrário.

O governo também estuda implementar cotas raciais no funcionalismo público. As comunidades quilombolas representam um patrimônio cultural da sociedade brasileira e vêm se mantendo unidas a partir de relações históricas com o território, a ancestralidade, as tradições e práticas culturais e religiosas que, em muitos casos, subsistem ao longo de séculos.

De acordo com a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), existem atualmente, em 24 estados do Brasil, 1,17 milhão de quilombolas. São 214 mil famílias em diversas comunidades.