Presidente da Fifa vai comparecer a funeral em Chapecó

Infantino deveria visitar Sydney após assistir a final do Mundial Sub-20 feminino, mas suspendeu a viagem

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, suspendeu uma viagem prevista à Austrália para comparecer ao funeral dos jogadores da Chapecoense que morreram nesta segunda-feira em um acidente aéreo na Colômbia.

Infantino deveria visitar Sydney após assistir a final do Mundial Sub-20 feminino em Papua-Nova Guiné.

Além disso, o Conselho da Fifa pediu o respeito a um minuto de silêncio antes de todas as partidas do fim de semana. Os jogadores de futebol de todo o mundo devem utilizar uma faixa preta em homenagem às vítimas.

Entre as 71 vítimas fatais estavam 19 jogadores, além de integrantes da comissão técnica e dirigentes da Chapecoense, que disputaria na Colômbia a partida de ida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Medellín.