Prefeitura e Governo de SP aumentam tarifas do transporte

Veja os valores que entrarão em vigor a partir de 9 de janeiro de 2016.

São Paulo – O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), e o governador do estado, Geraldo Alckmin (PSDB), irão reajustar as tarifas do transporte público em São Paulo.

Em comunicado oficial, a prefeitura informou que o aumento de R$ 3,50 para R$3,80 nas passagens entrará em vigor a partir de 9 de janeiro de 2016. O reajuste de 8,57%, abaixo da inflação, não altera os valores cobrados pelos bilhetes mensais, semanais, diários e o madrugador.

O último aumento aconteceu em janeiro deste ano, quando o valor das passagens de ônibus, trem e metrô subiu de R$ 3,00 para R$ 3,50 — até então, o preço não tinha sido alterado desde 2011 no caso dos ônibus, e desde 2012 no caso dos trens e metrô.

Na época, uma série de manifestações foram organizadas na capital paulista pelo Movimento Passe Livre (MPL). Segundo a Polícia Militar (PM), foram presas 51 das mais de 3 mil pessoas que participaram do principal ato contra a mudança nas tarifas. 

Como ficam os novos valores

Passagem unitária de ônibus: R$ 3,80
Passagem unitária de metrô: R$ 3,80
Passagem unitária de trem: R$ 3,80
Bilhete semanal de ônibus: mantido em R$ 38
Bilhete mensal de ônibus: mantido em R$ 140
Valor da integração entre o ônibus e os trilhos: R$ 5,92