Prefeitura do Rio promete ampliar número de clínicas na Maré

O anúncio acontece um dia após a ocupação das 16 favelas do Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro

Rio – Um dia após a ocupação das 16 favelas do Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro, a Secretaria de Saúde da prefeitura prometeu construir duas novas clínicas da família e ampliar o horário de atendimento dos três postos que já funcionam na região.

“Antes da ocupação tínhamos grande dificuldade em contratar médicos e enfermeiros para as unidades da Maré por conta da violência. Agora vamos construir duas clínicas da família até o segundo semestre e ampliar o funcionamento das outras já instaladas das 17h para as 20h. O objetivo é aumentar a cobertura do Programa Saúde da Família na Maré dos atuais 65% para 100%”, disse Daniel Soranz, subsecretário municipal de Saúde.