Prefeitura decide na terça se cassa licença de Shopping Paulista

Estabelecimento já foi multado em mais de 400 000 reais por estacionamentos não terem alvará

São Paulo – A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras informou que o Shopping Pátio Paulista entregou no final da tarde desta sexta-feira a documentação exigida pelos fiscais da prefeitura que identificaram irregularidades no estacionamento interno do estabelecimento, assim como em um lava-jato que funciona no local. Por causa dos problemas, o shopping havia sido multado em 427.000 reais, além de receber outra multa de 5.000 reais por não ter licença de funcionamento do estacionamento externo.

A secretaria afirmou que os papéis serão avaliados pelos técnicos da subprefeitura da Sé, que darão um parecer na próxima terça-feira sobre a cassação ou não da licença de funcionamento do Shopping Paulista. A Brookfield, empresa responsável pela administração do shopping, informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que não se manifestará sobre o assunto.

Na quarta-feira, a prefeitura de São Paulo cassou a licença de funcionamento do Shopping Pátio Higienópolis, localizado em região nobre da capital paulista, também por problemas com estacionamento. De acordo com a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras, o prazo para o estabelecimento regularizar a situação das vagas de estacionamento internas e externas expirou na terça-feira.

A secretaria informou que o shopping “não apresentou a quantidade estipulada para as vagas externas”. Nas últimas semanas, a Subprefeitura da Sé fiscalizou o local e averiguou “todas as possíveis irregularidades apontadas recentemente”. O estabelecimento tem até a quinta-feira para resolver a situação.

Entenda o caso – Em 14 de junho deste ano, o jornal Folha de S.Paulo revelou um esquema de propina para agentes públicos que beneficiariam shoppings na capital paulista – entre eles o Higienópolis e o Paulista. O Ministério Público também está investigando irregularidades nos shoppings West Plaza, Vila Olímpia e Raposo – todos administrados pela Brookfiled – e também no Mooca Plaza.