Prefeitura de BH registra primeira morte por febre amarela

Prefeitura da capital mineira disse que a contaminação não ocorreu na cidade, mas em um sítio de outro município da região

São Paulo – Belo Horizonte registrou nesta terça-feira, dia 16, o primeiro caso em 2018 de morte de um morador da cidade por febre amarela.

A prefeitura da capital mineira disse que a contaminação não ocorreu na cidade, mas em um sítio de outro município da região.

A vítima é um homem de 53 anos que não tinha sido vacinado contra a doença. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.