Prefeitura apresenta projeto para metrô de Porto Alegre

A prefeitura estima que a obra pode beneficiar cerca de 300 mil usuários por dia; o sistema será integrado a linhas de ônibus alimentadoras e distribuidoras

São Paulo – O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT), apresentou hoje o projeto de metrô para a capital gaúcha, que vai disputar verbas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade Urbana das Grandes Cidades, do governo federal.

A linha prevista pela prefeitura terá extensão de 14,8 quilômetros, do centro da cidade até a divisa com Cachoeirinha, na zona norte, seguindo, em sua maior parte, o mesmo traçado das avenidas Farrapos e Assis Brasil, com um trecho subterrâneo, sob os atuais corredores de ônibus, e um trecho elevado. A única desapropriação necessária será a de um terreno no final da linha para área de manutenção dos trens.

A prefeitura estima que a obra pode beneficiar cerca de 300 mil usuários por dia. O sistema será integrado a linhas de ônibus alimentadoras e distribuidoras. Os passageiros pagarão tarifa única por viagem, equivalente aos R$ 2,70 do transporte coletivo atual, mesmo que tenham de usar mais de um veículo para chegar ao destino.

Segundo Fortunati, o orçamento do projeto é de R$ 2,46 bilhões, mas esse custo será reduzido para R$ 2,20 bilhões com as isenções de ICMS – R$ 243 milhões -, prometidas pelo governo do Estado, e do ISS – R$ 22 milhões -, prevista pela própria prefeitura. O município também entra com um aporte de R$ 300 milhões, dividido em parcelas anuais de R$ 20 milhões, por 15 anos.

A administração local espera que o governo federal assuma um custo de R$ 1,58 bilhão. Os R$ 323 milhões restantes devem ser investidos pela empresa que vencer a licitação. A concessionária assume a obra e a operação do sistema, ficando com a arrecadação pelo prazo de 35 anos.

A prefeitura de Porto Alegre vai cadastrar o projeto no Ministério das Cidades até o dia 3 de abril, prazo dado a todos os municípios interessados. As obras selecionadas pelo governo federal serão conhecidas no dia 12 de junho. A expectativa é de que a construção do metrô da capital gaúcha comece até o final de 2012, com prazo de quatro a cinco anos para conclusão.