PRB reitera em nota que deixou a base de apoio a Dilma

A saída de Hilton do cargo agora é uma tentativa do governo de reaproximação com o PRB, mas o partido nega que vá voltar à base aliada

São Paulo – O PRB reiterou nesta quarta-feira que não faz mais parte da base de apoio do governo Dilma Rousseff e que continuará atuando de forma independente no Congresso Nacional, ao mesmo tempo em que o governo anunciava que o ministro do Esporte, George Hilton, deixou o cargo.

Como membro da coalizão governista, o PRB tinha o titular do Ministério do Esporte, mas quando decidiu sair da base aliada na semana passada pressionou Hilton a deixar o cargo.

O ministro, no entanto, decidiu trocar de partido, indo para o Pros, e permanecer no cargo.

A saída de Hilton do cargo agora é uma tentativa do governo de reaproximação com o PRB, mas o partido nega que vá voltar à base aliada.

“Diferente do que tem sido publicado em blogs e sites de notícias, o PRB não voltará à base do governo Dilma e continuará independente”, disse o partido.