Por Haddad, Lula gravará vídeos em estúdio próprio

Segundo o candidato petista, por questão de segurança e de comodidade, o ex-presidente não fará caminhadas com a militância

São Paulo – Além de gravar vídeos de apoio ao petista Fernando Haddad, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve aparecer na campanha de rua com seu candidato a prefeito de São Paulo apenas em carreatas. Segundo Haddad, por questão de segurança e de comodidade, Lula não fará caminhadas com a militância. Embora o ex-presidente tenha se oferecido para o corpo a corpo com o eleitorado, os petistas querem poupá-lo do desgaste neste período de recuperação após o tratamento contra um câncer na laringe. “Estamos vendo um carro e o que é possível para o conforto dele”, afirmou Haddad nesta quarta, após caminhada em Santo Amaro, zona sul da capital paulista.

Com dor de garganta, Lula não conseguiu ir ao congresso da Central Única dos Trabalhadores (CUT) na segunda-feira. Preocupados em explorar a imagem de Lula ao máximo sem comprometer seu estado de saúde, a cúpula da campanha de Haddad vai instalar um estúdio no Instituto Lula para que o ex-presidente não precise ir até uma produtora para gravar mensagens de campanha.

“Vamos instalar um equipamento no Instituto Lula para ele não ter de se deslocar quando quiser passar um recado”, disse o candidato. Os vídeos vão abastecer o Lula.TV, um espaço no site da campanha petista destinado exclusivamente aos depoimentos do ex-presidente.

Ciente das limitações de Lula, Haddad está entusiasmado com a participação da presidente Dilma Rousseff em sua campanha. “Fiz uma sessão de fotos com ela na semana passada. Foi uma sessão bem ampla, ela está bastante empolgada, bem interessada”, comentou.

Embora candidatos de partidos da base aliada de Dilma também disputem a Prefeitura de São Paulo, o petista afirmou que não há indicativos de que a presidente ficará distante de seu palanque no primeiro turno. “Somos do mesmo partido, queremos o bem de São Paulo com a mesma perspectiva”, justificou.