Polícia do Rio faz operação contra falsos motoristas de aplicativos

Até o fim da manhã, dois suspeitos haviam sido presos em flagrante pelo crime de falsidade ideológica

São Paulo —  A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro realizou, na manhã desta segunda-feira, uma operação contra 10 motoristas de aplicativos que usavam perfis falsos.

Batizada de “Vexo”, a operação abordou mais de 100 motoristas no acesso ao aeroporto do Galeão, local de grande circulação de motoristas que contratam passageiros por meio de apps de transporte.

Segundo a Polícia Civil, até o fim da manhã, dois suspeitos haviam sido presos em flagrante pelo crime de falsidade ideológica e outros dois haviam sido conduzidos para prestar esclarecimentos porque possuem anotações criminais graves, fato que será comunicado às empresas de aplicativos.

As investigações tiveram início em julho deste ano, quando a polícia, com o auxílio de informações prestadas pelas empresas de aplicativo, conseguiu identificar os dez perfis falsos.