Polícia cumpre mandado na casa de vereador envolvido no caso Marielle

Marcello Siciliano não foi encontrado em casa; no local, os agentes apreenderam um tablet, um computador, HD e documentos

São Paulo – A casa do vereador do Rio Marcello Siciliano (PHS) é alvo de mandado de busca e apreensão na manhã desta sexta-feira (14) segundo a TV Globo.

A ação tem relação com os assassinatos da vereador Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, que completa nove meses hoje.

No local, os agentes apreenderam um tablet, um computador, HD e documentos. O vereador não foi encontrado em casa.

Policiais da Delegacia de Homicídios (DH) do Rio Já haviam ido às ruas nesta quinta-feira, 13, para tentar cumprir 15 mandados de prisão e de busca e apreensão relacionados à morte de Marielle e Anderson.

Operações

Nesta quinta-feira (13), o departamento da Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro cumpriu uma série de mandados de prisão e de busca e apreensão relacionados às mortes da vereadora e de seu motorista

Os agentes estivem em 15 endereços espalhados por vários lugares do Rio e fora do estado e os alvos eram milicianos.