PMs do Rio flagrados em execução de suspeitos são presos

PMs, que ainda não tiveram os nomes divulgados, prestaram depoimento durante toda esta madrugada para a Polícia Civil

Rio – Os dois policiais militares que aparecem em um vídeo executando dois homens em uma calçada do bairro de Acari, na zona norte do Rio de Janeiro, foram levados para uma unidade prisional da Polícia Militar, na manhã desta sexta-feira, 31.

Os PMs, que ainda não tiveram os nomes divulgados, prestaram depoimento durante toda esta madrugada para a Polícia Civil, na Divisão de Homicídios da capital, na Barra da Tijuca, zona oeste. Eles foram autuados por homicídio qualificado.

Informada sobre o vídeo, a Polícia Militar disse, em nota, que “em virtude do que é exposto, o Comandante Geral determinou que a Corregedoria Interna da Polícia Militar assuma a apuração da flagrante ilegalidade e assim responsabilize os envolvidos”.

Segundo a primeira nota divulgada pela PM, a morte dos suspeitos, com quem foram apreendidos um fuzil e uma pistola, teria sido resultado de uma troca de tiros.

No mesmo dia, Maria Eduarda Alves da Conceição, de 13 anos, morreu quando estava no pátio de uma escola em Acari. A bala que atingiu a estudante teria sido disparada durante um confronto entre policiais e assaltantes.

A PM informou ter sido acionada porque ladrões estavam roubando motoristas que trafegavam pela Avenida Prefeito Sá Lessa, a via onde fica a escola.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Deveriam ganhar uma medalha de honra ao mérito e uma boa bonificação em dinheiro, isso sim!!!!