PM procura grupo que comandou tiroteio na Rocinha

De acordo com os moradores, o confronto começou por volta das 6h30 da manhã

Rio – Moradores da Rocinha relataram uma manhã de tiroteios na favela neste domingo. De acordo com os moradores, o confronto começou por volta das 6h30 da manhã, na Rua 1.

Segundo a Polícia Militar, policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) realizavam uma patrulha no local quando se depararam com um grupo armado. Ainda de acordo com a Polícia Militar, ninguém ficou ferido.

Os militares realizam uma patrulha pela comunidade para localizar os criminosos foragidos. Ontem (2), dia de Finados, os familiares do pedreiro Amarildo de Souza fizeram uma caminhada pelo bairro para pedir que os policiais acusados entreguem o corpo do pedreiro, que está desaparecido desde julho.