Planalto decide momento sobre envio da CPMF ao Congresso

Após o encontro com presidente do Senado, Levy disse que espera enviar brevemente ao Legislativo o projeto que reformula os tributos federais PIS e Cofins.

Brasília – O Palácio do Planalto vai decidir o momento do envio da medida que recria a CPMF ao Congresso Nacional, disse o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, acrescentando que as outras medidas de ajuste fiscal devem ser levadas ao Legislativo ainda nesta segunda-feira.

“Essa é decisão do governo, do Palácio (do Planalto). Não adianta eu me pronunciar sobre isso”, afirmou ele a jornalistas ao ser questionado se a recriação de CPMF seria encaminhada ao Congresso ainda nesta segunda-feira. Levy, que participou de reunião com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse ainda que os demais projetos do pacote de ajuste fiscal também serão enviados ao Congresso possivelmente ainda nesta segunda-feira. “Isso deve ser feito oportunamente, acho que ainda hoje”, afirmou.

A proposta de recriação da CPMF foi anunciada na semana passada a fim de ajudar a cobrir o rombo do orçamento de 2016, com o governo sinalizando aos agentes econômicos que perseguirá meta de superávit primário equivalente a 0,7 por cento do Produto Interno Bruto (PIB).

Após o encontro com presidente do Senado, Levy disse que espera enviar brevemente ao Legislativo o projeto que reformula os tributos federais PIS e Cofins.