Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo

ÀS SETE - Nesta quinta-feira, Temer anunciou uma linha de crédito de 42 bilhões de reais para estados e municípios investirem em segurança pública

PIB cresce 1%

Após dois anos de quedas consecutivas (-3,5%, em 2016, e -3,5%, em 2015), o PIB do Brasil cresceu 1% em 2017, segundo o IBGE divulgou nesta quinta-feira. Apesar de um resolvido positivo, o número vem levemente abaixo das expectativas do mercado. A mediana das estimativas apuradas pela agência de notícias Bloomberg era de 1,1% — o governo também trabalhava com uma previsão nesta linha. De todo o modo, os número confirmam a saída da recessão. Entre os setores, mais uma vez o destaque ficou com a agropecuária: 13% de crescimento no ano. A produção de milho, por exemplo, subiu 55,2%. A expansão na soja foi de 19,4%.

Às Sete – um guia rápido para começar seu dia

Leia também estas outras notícias da seção Às Sete e comece o dia bem informado:

R$ 42 bi para segurança

Em reunião com governadores nesta quinta-feira, o presidente Michel Temer (MDB) anunciou uma linha de crédito de 42 bilhões de reais para estados e municípios investirem em segurança pública. “O plano foi delineado na noite de ontem, de maneira que poderemos ajudar a financiar os estados para o reequipamento das polícias locais, das polícias estaduais”, disse Temer. Os governadores não gostaram da ideia. Alguns foram a Brasília esperando que o governo fosse liberar parcela do Orçamento de 2018 para apoio nas operações, e não um novo empréstimo aos já endividados estados.

Entrevista de Lula

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que segue acreditando na disputa entre PT e PSDB para o segundo turno das eleições de 2018. “Pela direita, ninguém será presidente sem o apoio dos tucanos. Pela esquerda, ninguém será presidente sem o PT”, disse. Sobre a própria candidatura, ameaçada pela inelegibilidade na Justiça Eleitoral, disse que vai “brigar até ganhar”. “E só vou aventar a possibilidade de outra candidatura quando for confirmado definitivamente que não sou candidato.” “Então, o que eu espero? Que o Supremo Tribunal Federal analise o processo, veja os depoimentos, as provas e tome uma decisão. Por isso tenho a crença de que vou ser candidato”, disse. “Tenho certeza de que vou ser absolvido e de que não vou ser preso.”

Entrevista de Lula 2

Lula ainda aventou teorias da conspiração. O ex-presidente indicou que há uma complô com americanos por trás da Operação Lava-Jato. “Estou convencido de que os americanos estão por trás de tudo o que está acontecendo na Petrobras. Porque interessa para eles o fim da lei que regula o petróleo, o fim da lei que regula a partilha”, disse. “É importante ter em conta que o Temer teve uma vitória quando derrubou o golpe que a TV Globo, o Janot e o Joesley tentaram dar nele. Aquele golpe tinha como pressuposto básico o Temer cair, o Rodrigo Maia assumir a Presidência e o Janot ter um terceiro mandato [na Procuradoria-Geral da República.”

Mondelez Brasil fecha fábricas

A fabricante de alimentos Mondelez Brasil anunciou o fechamento de duas fábricas no interior de São Paulo, em Bauru e Piracicaba, até o fim deste ano. Com o fechamento, a empresa vai demitir cerca de 2.000 funcionários, 800 em Piracicaba e 1.200 em Bauru. A produção será transferida para as plantas em Curitiba (PR) e Vitória de Santo Antão (PE), que serão as duas maiores para produção da companhia na América Latina. O Brasil é o quarto maior mercado para a Mondelez. Entre os produtos que a Mondelez Brasil produz estão guloseimas como Trakinas, Trident, Halls e Club Social.

Balança comercial recorde

A balança comercial brasileira registrou superávit de 4,9 bilhões de dólares em fevereiro, de acordo com os dados divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). O resultado é o melhor para o mês de fevereiro da série histórica, que teve início em 1989. No mês passado, as exportações somaram 17,3 bilhões de dólares, alta de 11,9% ante fevereiro de 2017, e as importações 12,4 bilhões, alta de 13,7%. No mês passado, as exportações foram impulsionadas pela exportação de plataforma de petróleo no valor de 1,5 bilhão de reais e o superávit comercial já soma 7,7 bilhões de dólares nos dois primeiros meses de 2018, também o maior resultado da série para o primeiro bimestre.

Venezuela adia eleição

O órgão eleitoral da Venezuela afirmou, nesta quinta-feira, que vai adiar a eleição presidencial deste ano para a segunda metade de maio. Segundo o órgão, a decisão ocorreu após um acordo entre o governo e alguns partidos de oposição. A oposição e críticos ao governo acusaram as autoridades de antecipar a votação, marcadas incialmente para 22 de abril mas que eram tradicionalmente marcadas para o fim do ano, para prejudicar a oposição e beneficiar o presidente Nicolás Maduro, que buscava sua reeleição. O acordo foi feito entre o governo e o candidato de oposição Henri Falcón, único opositor que lançou candidatura. A oposição tinha acordado realizar um boicote à eleição, afirmando que ela não era legítima. A aliança opositora criticou a decisão de Falcón e pediu que ele retirasse sua candidatura. O candidato, porém, afirmou que discorda do boicote e acredita que “s abstenção não serve para nada”.

Trump promete aumentar tarifas

O presidente americano, Donald Trump, anunciou, nesta quinta-feira, que vai impor novas tarifas para a importação de aço e alumínio. Em seu Twitter, Trump afirmou que a decisão é uma medida para “reconstruir as indústrias americanas de aço e de alumínio”. A proposta deve acontecer no início da semana que vem, e o presidente pretende impor uma tarifa de 25% sobre o preço do aço e 10% sobre o do alumínio importado. O anúncio faz parte de um programa protecionista prometido pelo presidente durante sua campanha eleitoral, preocupando outros países. Especialistas dizem que a China pode restringir a exportação de soja e de sorgo, importante para a produção dos Estados Unidos. Além do país asiático, a União Europeia já comentou que vai reconsiderar as tarifas sobre produtos agrícolas exportados para os Estados Unidos, como queijo e vinho.

FED: alta “gradual” dos juros

O novo presidente do Banco Central de Nova York (Fed), William Dudley, afirmou, nesta quinta-feira, que quatro altas de juros em 2018 levariam a um aperto “gradual” da política monetária. Segundo ele, se houver quatro altas, elas serão de 0,25%, e por isso podem ser consideradas “graduais”. Em dezembro, o Fed tinha projetado três altas de juros para este ano, mas o estímulo fiscal e sinais de inflação convenceram alguns investidores de que quatro são mais prováveis. Segundo Dudley, a política fiscal dos EUA está se tornando “bastante estimulante”.

Peru investiga Odebrecht

O ex-diretor da Odebrecht no Peru, Jorge Barata, afirmou que a empresa financiou as campanhas eleitorais do presidente peruano, Pedro Pablo Pablo Kuczynski. Além do presidente, a empresa financiou as campanhas dos ex-mandatários Ollanta Humala, Alan García e Alejandro Toledo e de políticos como Keiko Fujimori e Susana Villarán, então prefeita de Lima em 2013. O depoimento, realizado na quarta-feira, faz parte de uma investigação do Ministério Público Peruano sobre a relação do atual presidente com a empresa. O empresário chileno Gerardo Sepúlveda também é investigado. Assim como os diretores brasileiros, o ex-executivo Barata realizou um acordo de delação premiada. Além de confirmar a relação entre a empresa e os políticos, Barata afirmou que ofereceu 1,3 milhão de dólares para a campanha do líder do partido Força Popular, Keiko Fujimori; 600.000 dólares ao ex-presidente Alejandro Toledo e 300.000 dólares ao atual mandatário, Kuczynski. Membros do Congresso afirmaram que vão discutir o processo de impeachment do presidente ainda neste mês.

Putin anuncia míssil e provoca EUA

O presidente da Rússia Vladimir Putin apresentou, nesta quinta-feira, o míssil balístico Sarmat e afirmou que o armamento “inutiliza” o escudo antimísseis dos EUA. Em discurso sobre o Estado da Nação, Putin afirmou que o míssil tem alcance ilimitado e que ninguém no mundo tem igual. O Sarmat (SS-X-30 Satan-2, segundo a Otan) é um míssil intercontinental pesado capaz de levar 10-15 ogivas nucleares. O discurso contava com vídeos projetados em um telão e infografias da trajetória do míssil sobrevoando território americano e imagens de testes desses foguetes. Putin também afirmou que o Exército russo já dispõe desde o passado ano de “complexas com armas laser” e “armas hipersônicas”, e citou os novos mísseis de cruzeiro que tem um alcance ilimitado. Segundo ele, sua mensagem serviria para “acalmar” qualquer agressor potencial.