PF não procurou Anac sobre Lava Jato, diz diretor

"Constatamos que contratos [de Viracopos] não vinham sido cumpridos em termos de atrasos, mas não temos nada além disso", afirmou o ministro Moreira Franco

Brasília – O diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Marcelo Guaranys, disse nesta terça-feira, 9, que o órgão não foi procurado pela Polícia Federal a respeito de qualquer vinculação entre a licitação do aeroporto de Viracopos (SP) e a Operação Lava Jato.

“Não temos nenhuma demanda ainda com relação a isso. O leilão da concessão de Viracopos teve 155% de ágio, o que demonstra competitividade na disputa. Além disso, todos os contratos foram auditados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e esses processos continuam abertos para qualquer consulta”, afirmou.

O ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Moreira Franco, reforçou que os contratos de Viracopos já são objeto de análise por causa da demora nas obras do aeroporto.

“Constatamos que contratos não vinham sido cumpridos em termos de atrasos, mas não temos nada além disso”, afirmou.