PF: Lula reformou sítio; Trabuco réu…

O sítio de Lula 

Um laudo da Polícia Federal mostrou indícios de que o ex-presidente Lula e sua esposa, Marisa Letícia, orientaram as reformas feitas no sítio de Atibaia, em São Paulo, apontado como de sua propriedade. Segundo a PF, a reforma do local custou 1,2 milhão de reais. A execução da obra foi liderada por um arquiteto da empreiteira OAS, com conhecimento de seu presidente, Léo Pinheiro. Entre os ajustes pedidos, Lula e Marisa orientaram a construção de uma cozinha gourmet que custou 252.000 reais.

Lula X Moro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recorreu à Comissão de Direitos Humanos da ONU contra o juiz Sergio Moro. Lula acusou o magistrado de violar seus direitos. Sua defesa questionou a “privação de liberdade” quando de sua condução coercitiva, em março, na 24a fase da Lava-Jato. O ex-presidente também argumenta que houve vazamento de material confidencial com a divulgação de suas conversas telefônicas.

A bolsa-ministro

Quase metade da equipe de ministros que integraram o governo de Dilma Rousseff até seu afastamento receberá salário até o final do ano. Eles têm direito à chamada “quarentena”, benefício que deve ser concedido durante seis meses com remuneração integral. A Comissão de Ética da Presidência da República informou que até agora 17 ex-ministros recebem o benefício, entre eles Jaques Wagner, Aloizio Mercadante, José Eduardo Cardozo, Nelson Barbosa, Ricardo Berzoini. Ex-presidentes de empresas e institutos públicos também têm recebido salário. No total, foram 213 pedidos de quarentena: 74 aprovados, 102 recusados, 5 arquivados e 32 ainda não definidos.

Moro: projeto de Renan “preocupante”

O juiz Sergio Moro disse nesta quinta-feira que o projeto de lei que estabelece punições para o abuso de autoridade é “preocupante” e “pune o juiz por interpretar a lei”. As declarações foram feitas num evento de juízes, procuradores e promotores em Curitiba, no Paraná. A proposta é de autoria do senador Renan Calheiros, do PMDB. Investigadores que atuam na Operação Lava-Jato também estiveram presentes no ato. Renan tentou votar o projeto com urgência antes do recesso, mas acabou derrotado na comissão especial que o examina. Segundo ele, a votação da proposta está na pauta do segundo semestre.

O maior déficit da história

O governo central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) teve um déficit primário de 32,5 bilhões de reais no primeiro semestre deste ano — o pior resultado da história para o período. No ano passado, o rombo registrado foi de 1,76 bilhões de reais. A Secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, evitou fazer estimativas otimistas, mas afirmou que, dependendo do resultado do programa de repatriação, o déficit primário do ano poderá ser menor do que os 170,5 bilhões de reais aprovados pelo Congresso.

_

Bancos derrubam bolsa

O Ibovespa fechou em queda de 0,33% ontem. Os bancos tiveram fortes perdas com duas notícias do Bradesco no radar. As ações preferenciais do Bradesco caíram 4,5%; e as ordinárias do Banco do Brasil, 3,7%. Os papéis preferenciais do Itaú Unibanco e do Santander caíram mais de 1%. O Bradesco obteve um lucro de 4,1 bilhões de reais no segundo trimestre, uma queda de 7,6% na comparação anual. Em teleconferência, a companhia destacou que a inadimplência deverá crescer ao longo do ano e atingir o pico no quarto trimestre. As despesas com provisões chegaram a 10,4 bilhões de reais, uma alta de 47%. Além disso, um juiz da 10a Vara de Justiça Federal em Brasília aceitou denúncia contra o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, e outras nove pessoas acusadas de irregularidades cometidas no Conselho Administrativo de recursos Fiscais (CAF).

_

Prejuízo de meio bi no Pão de Açúcar

O Grupo Pão de Açúcar (GPA), um dos maiores varejistas do país, teve um prejuízo de 583 milhões de reais no segundo trimestre deste ano, quase 42 vezes maior do que o registrado no mesmo período do ano passado. A Via Varejo, companhia do GPA que reúne as operações de Casas Bahia e Ponto Frio, já havia reportado na quarta-feira 27 prejuízo de 89 milhões de reais. Apesar dos números, a receita da empresa subiu 5%, para 16,7 bilhões de reais. Após o resultado, as ações preferenciais do GPA tiveram a maior queda do dia no Ibovespa, 10,20%.

_

CVC: Carlyle de saída

As ações da operadora de viagens CVC caíram 14,3% nesta quinta-feira após a notícia de que seus principais acionistas, os fundos de investimentos BTC, pertencente ao private equity Carlyle, e o GJP, do fundador Guilherme Paulus, vão se desfazer da maior parte das ações que possuem. Os controladores colocaram à venda 60 milhões de ações da CVC, reduzindo a fatia combinada dos atuais 69% para 24,3%. O preço será fixado após a conclusão do procedimento de coleta de intenções. Além disso, a CVC divulgou um lucro de 17,6 milhões de reais, uma alta de 22,6% em relação ao mesmo trimestre do ano passado.

Recorde na Amazon 

A varejista digital Amazon também divulgou resultados nesta quinta-feira e voltou a surpreender positivamente. As vendas cresceram 31% em relação ao mesmo período do ano passado e somaram 30,4 bilhões de dólares. O lucro da empresa ficou em 857 milhões de dólares no segundo trimestre deste ano, o maior lucro trimestral da história da companhia. Os avanços da Amazon na Índia, com vendas que oferecem frete grátis ilimitado, e os resultados do serviço de armazenamento em nuvens são alguns dos fatores que puxaram os resultados para cima.

O mapa do Uber 

A empresa de serviços de transporte Uber iniciou um plano para fazer o próprio mapeamento de estradas, começando pelo México. O investimento faz parte de um esforço de não depender mais dos serviços de geolocalização de potenciais concorrentes como o Google. De acordo com a empresa, ter um mapeamento próprio das vias pode garantir uma melhora no serviço, garantindo mais precisão aos pontos de partida e de destino. A empresa também está fazendo testes com carros autônomos em Pittsburgh, nos Estados Unidos.

França e Inglaterra: parceria nuclear

A empresa de energia francesa EDF aprovou, nesta quinta-feira, a construção de uma grande usina de energia nuclear no sudoeste da Inglaterra. A estatal francesa informou que os custos da obra ficarão em torno de 24 bilhões de euros. A cara iniciativa, que poderá colocar a empresa em risco, levou à renúncia de um dos membros do conselho, o executivo Gérard Magnin, e tem sido criticada por ambientalistas. A empresa afirma, porém, que o projeto poderá gerar 25.000 vagas de emprego e garantiria o fornecimento de 7% de toda a energia britânica.

Merkel defende refugiados

Os atentados terroristas recentes na Alemanha não vão afetar a política de refugiados do país. Foi o que afirmou, nesta quinta-feira, a chanceler alemã, Angela Merkel, que abriu as portas do país para receber centenas de milhares de imigrantes. “Eu não disse que seria fácil, mas podemos lidar com isso”, afirmou. Merkel também disse que mudar a política humanitária só traria piores consequências.