PF do Rio diz que greve deve acabar na próxima semana

O superintendente da Polícia Federal foi cobrado pelos executivos sobre medidas para reduzir os efeitos da greve dos servidores para a emissão de vistos

Rio de Janeiro – A greve de servidores da Polícia Federal deve terminar até a próxima semana, segundo o superintendente regional da PF no Rio, Valmir Lemes de Oliveira. Em evento para empresários com negócios na França e no Brasil na manhã desta quinta-feira no Rio, o superintendente afirmou que o governo deve encerrar as negociações nesta sexta-feira, sem apresentar nova proposta aos servidores.

“O governo federal colocou o plano de cargos e salários apresentado há dois anos pelos servidores da PF na vala comum dos servidores e não deve apresentar nova proposta, encerrando as negociações até amanhã (sexta-feira)”, afirmou Oliveira. Segundo ele, os serviços devem se normalizar até a próxima semana.

O superintendente foi cobrado pelos executivos sobre medidas para reduzir os efeitos da greve dos servidores para a emissão de vistos e documentos de permanência dos estrangeiros que chegam ao país a trabalho. De acordo com os empresários, a greve tem causado demora e atrasos de até 30 dias para a liberação dos documentos, o que acarreta prejuízos e multas para as empresas que não conseguem registrar os funcionários.