PF apreende 3,7 toneladas de cocaína no Porto de Santos

Polícia Federal apreendeu 3,7 toneladas de cocaína em uma operação realizada no Porto de Santos, no litoral de São Paulo

Rio de Janeiro – A Polícia Federal (PF) apreendeu nesta segunda-feira 3,7 toneladas de cocaína em uma operação realizada no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, onde 23 pessoas foram presas pelo suposto envolvimento em uma quadrilha especializada em tráfico internacional de drogas.

De acordo com a PF, que também apreendeu 230 mil euros, dez veículos, uma embarcação, 19 armas curtas e dois fuzis, a droga tinha Europa, África e Cuba como principais destinos.

A quadrilha, que contava com a participação de funcionários do porto, colocava a droga em mochilas e as depositava no interior dos contêineres que eram enviados para fora do país. De acordo com a PF, os funcionários particulares atuavam sem o conhecimento dos proprietários das cargas ou dos navios.

Para não levantar suspeitas no momento de sua chegada ao destino final, os criminosos rompiam o lacre de segurança dos contêineres, recuperavam a cocaína, e colocavam um novo lacre idêntico ao original.

A quadrilha desarticulada hoje estava sendo investigada desde o ano passado, no marco das chamadas Operação Hulk e Operação Oversea, ambas centradas no tráfico internacional de drogas, tendo o Porto de Santos como ponto de partida ou de passagem para essas substâncias ilegais.

A Operação Hulk acompanhava uma quadrilha de São Paulo que comprava droga na Bolívia e a transportava ao país mediante a fronteira com o Paraguai. Posteriormente, através do Porto de Santos, a droga era enviada aos países da Europa.

A Operação Oversea, por sua vez, tinha como foco um grupo de criminosos que transportava drogas nas cargas que partiam do Porto de Santos.