Pedágio do Anhanguera-Bandeirantes aumenta 6,37%

Agência de Transporte do Estado de São Paulo autorizara reajuste de 5,38%, mas a concessionária recorreu por considerar valor "abaixo da variação contratual"

São Paulo – O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou o reajuste das tarifas de pedágio do Sistema Anhanguera-Bandeirantes a partir desta quarta-feira, 23. O aumento é de 6,37% em relação aos preços praticados pela concessionária CCR Autoban até junho.

A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) havia autorizado o reajuste de 5,38%, no entanto a concessionária recorreu da decisão por considerar o valor “abaixo da variação contratual”.

Em seis praças de pedágio, o preço da tarifa vai subir R$ 0,10. As únicas que mantêm o valor sem alteração são Nova Odessa, na Anhanguera, e Sumaré, na Bandeirantes, que continuam cobrando pedágio de R$ 6,80. Confira os preços que começam a ser praticados amanhã:

Anhanguera

Perus – R$ 7,80

Valinhos – R$ 7,70

Nova Odessa – R$ 6,80

Limeira A – R$ 5,20

Bandeirantes

Campo Limpo/Caieiras – R$ 7,80

Itupeva – R$ 7,70

Sumaré – R$ 6,80

Limeira B – R$ 5,20