PE define percurso de traslado do corpo de Campos

A data do funeral depende da liberação dos corpos pelo Instituto Médico Legal de São Paulo, mas a previsão é que a cerimônia comece neste sábado, 16

Recife – O governo de Pernambuco anunciou nesta sexta-feira, 15, que os restos mortais do candidato à Presidência da República Eduardo Campos (PSB) serão transportados em carro do Corpo de Bombeiros da base aérea do Recife ao Palácio Campo das Princesas, sede do governo estadual.

O carro também trará os corpos do assessor de imprensa Carlos Percol, do fotógrafo Alexandre Severo e do cinegrafista Marcelo Lira, que serão velados juntos com o ex-governador.

Também foram confirmadas as presenças da presidente Dilma Rousseff, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de governadores como Geraldo Alckmin (São Paulo), Beto Richa (Paraná), Jaques Wagner (BA), Renato Casagrande (Espírito Santo), além de vice-governadores e prefeitos de todo o país.

A data do funeral depende da liberação dos corpos pelo Instituto Médico Legal de São Paulo, mas a previsão é que a cerimônia comece neste sábado, 16, e o enterro seja no domingo.

Campos será sepultado no cemitério Santo Amaro.

Segundo o cerimonial, as famílias ainda não definiram se o velório acontecerá na calçada do Palácio, como previsto inicialmente, ou dentro do prédio.

A única confirmação é que a missa campal celebrada por Dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife, será na parte externa da sede do governo.

Também foi decidido nesta sexta o percurso que o carro dos bombeiros fará pelas ruas da capital pernambucana.

Nesta manhã, flores e cartazes homenageando o ex-governador começaram a serem depositados em frente a um dos portões do Palácio.

Em meio à presença de eleitores e admiradores de Campos que se revezam no local, organizadores começaram a montar hoje a estrutura da cerimônia.