Para Márcio França, Alckmin ainda é a opção mais “madura”

França (PSB), que foi vice do tucano, afirmou que o partido está avaliando se o nome de Barbosa é a melhor opção para as eleições de outubro

Governador de São Paulo, Márcio França (PSB) deixou a reunião do PSB com o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa antes do final e afirmou que Geraldo Alckmin (PSDB) ainda é o nome mais “maduro” para disputar a Presidência. “Do meu ponto de vista, a opção do Alckmin é a opção mais madura que existe para o Brasil”, disse.

França, que foi vice do tucano em São Paulo, afirmou que Barbosa ainda não decidiu se quer ser candidato e que o partido está avaliando se essa é a melhor opção para as eleições de outubro. “Eu não sinto ainda maduro do ponto de vista da conjugação dos interesses dele com todo mundo, ainda não tem essa conjugação”, afirmou.

O governador também afirmou que o presidente do partido, Carlos Siqueira, deve começar um levantamento interno para saber se o partido deseja ter candidato próprio este ano.

Segundo ele, Barbosa ainda está conhecendo as pessoas do partido e disse que o processo pode ser comparado a um “namoro a moda antiga” e deve ser concluído só em junho, quando se aproximar o prazo para as convenções partidárias. “Eu senti que ele está se convencendo, e nós também”, afirmou.

O ex-ministro do STF se filiou ao PSB no último dia 6 e trabalha para diminuir a resistência de setores da sigla a seu nome como candidato a presidente. Além de França, outros governadores do partido, como Paulo Câmara (Pernambuco) e Ricardo Coutinho (Paraíba) esperavam apoiar outros nomes na disputa presidencial.