Para Daciolo, Globo faz boicote ao não convidá-lo para debate

Cabo Daciolo, candidato à Presidência pelo Patriota, entrou com pedido no TSE para participar do debate na TV Globo hoje

São Paulo — Cabo Daciolo, candidato à presidência pelo Patriota, recorreu ao TSE para participar do debate na Globo, que acontecerá nesta quinta-feira (04), às 22h. O presidenciável não foi convidado pela emissora.

Em sua página no Facebook, o candidato publicou o registro da ação cautelar em que solicita a participação no debate, além de uma nota falando sobre o assunto:

O nosso partido recorreu junto ao TSE contra o boicote da Globo, que não nos convidou para o debate de hoje”, escreveu Daciolo no Facebook. Para ele, “o propósito está nas mãos de Deus e, independente do resultado, não vai se calar”. 

Segundo o TSE, cada candidato tem de ter no mínimo cinco representantes no Congresso Nacional para ter direito a participação em debates televisivos. No site da Câmara constam quatro deputados filiados ao partido. O quinto seria o próprio Daciolo. Mas, de acordo com um documento do TSE, o partido não teria a representatividade mínima com essa bancada.

 

Deputados do Patriota (reprodução do site da Câmara dos Deputados)

Deputados do Patriota (reprodução do site da Câmara dos Deputados) (Câmara dos Deputados/Reprodução)

A Globo, por meio de sua assessoria de imprensa, informou a EXAME que “foram convidados os candidatos com direito garantido por lei ou que alcançaram 6% ou mais na pesquisa divulgada no dia 28 de setembro.” Daciolo não se enquadrava nesses requisitos. No dia citado, o candidato tinha apenas 1% das intenções de votos segundo o Datafolha.

Esse é o primeiro debate da TV Globo nesta eleição e o último antes do primeiro turno. O candidato já participou de debates em outras emissoras de TV.