Papa Bento XVI nomeia novos bispos em Paracatu e Patos

O novo bispo de Paracatu tomou os votos da Congregação do Santíssimo Sacramento em 1982 e foi ordenado sacerdote em 1985

Cidade do Vaticano – O papa Bento XVI nomeou Dom Jorge Alves Bezerra, de 57 anos, bispo de Paracatu (MG), e Eraldo Bispo da Silva, de 46 anos, para a diocese de Patos (PB), informou nesta quarta-feira o Vaticano.

Bezerra, da Congregação do Santíssimo Sacramento (SSS), nasceu em 1955 em São João de Meriti, no estado do Rio de Janeiro. Ele estudou Teologia Moral no Instituto Superior de Teologia Moral Alphonsianum, de Roma, e na PUC de Belo Horizonte. Também é formado em Direito Civil pela Universidade de Fortaleza (Unifor).

O novo bispo de Paracatu tomou os votos da Congregação do Santíssimo Sacramento em 1982 e foi ordenado sacerdote em 1985, em São Bernardo do Campo. Prestou serviço como pároco, vigário episcopal de Fortaleza, vigário paroquial da catedral da Boa Viagem, em Belo Horizonte, e foi professor de Teologia Moral e mestre de noviços de sua congregação para a América Latina. Em 2008, foi nomeado bispo de Jardim (MS), cargo que ocupava atualmente.

Jorge Alves Bezerra substitui o bispo Leonardo de Miranda Pereira, que apresentou sua renúncia por motivos de idade.

O sacerdote Eraldo Bispo da Silva, novo bispo de Patos, nasceu em 1966 em Monteiro, na Paraíba. Estudou Metodologia da formação Presbiteriana na Universidade Católica de Salvador (Ucsal) e Direito Canônico no Instituto Teológico Pastoral para a América Latina (Itepal), em Bogotá.

O paraibano foi ordenado sacerdote em 1993 e incardinado na diocese de Barreiras (BA). Atualmente, era vigário geral da diocese e pároco de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Barreiras.