Padrão de segurança está excelente, afirma ministro

Respondendo à pergunta sobre cambistas, Cardozo disse que a realização de um grande evento sempre terá problemas

Brasília – O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou nesta quarta-feira, em Brasília, que a realização de um grande evento sempre terá problemas, após ser questionado sobre a prisão de cambistas que operavam com ingressos para jogos da Copa do Mundo.

“Um grande evento sempre tem problemas. Muita gente quer ver os jogos e não tem lugar para todo mundo. Isso atrai a presença de pessoas que querem praticar atos ilícitos e ganhar com isso”, disse o ministro. Cardozo ainda acrescentou que a polícia brasileira está “mostrando sua eficiência”.

“Temos contato permanente com a Fifa e um diálogo diário para darmos excelente padrão de segurança para a Copa do Mundo”, afirmou.

“O que é importante dizer é que o padrão de segurança da Copa do Mundo está excelente. Efetivamente, isso coloca essa Copa em um patamar que muitos duvidavam”, completou Cardozo.

Até agora, a Copa do Mundo não registrou casos mais graves.

As únicas situações que tiveram uma gravidade maior foram as duas invasões de torcedores no Maracanã, primeiro com argentinos, antes da estreia de sua seleção contra a Bósnia, e depois com os chilenos, antes do confronto com a Espanha, quando até o centro de imprensa foi invadido e houve tumulto.

Mas, nas duas ocasiões, a segurança era de responsabilidade da Fifa, não do governo federal.