Para Padilha, 2º turno fará arrogância da oposição aumentar

Derrotado em São Paulo, petista passou a fazer parte da coordenação da campanha da presidente Dilma Rousseff em São Paulo

São Paulo – O ex-candidato do PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha, que agora passou a fazer parte da coordenação da campanha da presidente Dilma Rousseff em São Paulo, afirmou nesta quinta-feira que o segundo turno com o tucano Aécio Neves vai mostrar a arrogância ainda maior dos oposicionistas.

“Do lado de lá tem um povo tão arrogante, que é até bom ter segundo turno para que arrogância deles aumente”, disse, durante a plenária do PT-SP, na capital paulista.

Padilha criticou a frase do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso que disse o PT cresceu nos grotões do País e tem o voto dos “menos informados”.

“A frase que o FHC declarou essa semana é típica deles, que entram no restaurante nos Jardins e em Higienópolis e não dão boa noite para garçons”, diz.

“O problema deles é que o voto da faxineira e do pedreiro vale a mesma coisa que o deles e o voto de quem mora na Avenida Paulista vale o mesmo de quem vive no sertão do Piauí.”