Os estados onde a expectativa de vida é maior e menor no Brasil

Dados da Tábua Completa de Mortalidade mostram que a esperança média de vida do brasileiro aumentou para 75,8 anos de idade

São Paulo – O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou nesta sexta-feira (1) que a expectativa do brasileiro ao nascer passou de 75,5 anos em 2015 para 75,8 anos em 2016.  O levantamento confirma uma tendência de aumento: em 1940, por exemplo, esse valor era de 45,5 anos.

Entre os estados brasileiros, Santa Catarina lidera isolado com a maior expectativa de vida do país, com média de 79,1 anos entre homens e mulheres. Espírito Santo, Distrito Federal e São Paulo aparecem em sequência no ranking – todos com valores acima de 78 anos de idade.

Na contramão, os últimos colocados da lista vivem quase 7 anos a menos. Maranhão (70,6), Piauí (71,1) e Rondônia (71,3) apresentam as menores esperanças de vida.

O IBGE mostra ainda que a diferença entre a expectativa de vida entre homens e mulheres continua se agravando com o passar dos anos. Em 1940, as mulheres viviam cerca de 5 anos a mais dos que os homens. Já em 2016, a diferença foi de 7 anos.

Esse fenômeno pode ser explicado pela maior incidência dos óbitos por causas externas ou não naturais, como homicídios, suicídios e acidentes de trânsito, que atingem com maior intensidade a população masculina”, diz o relatório do IBGE. 

Veja os estados onde a expectativa de vida é maior no Brasil