Organizadores se surpreendem com passeio do papa

Passeio do papa Francisco pelo centro não fazia parte da agenda oficial do Vaticano enviada às autoridades brasileiras

Rio – Os organizadores responsáveis pela organização do trânsito e da segurança nas ruas da cidade durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) surpreenderam-se com a inclusão de um passeio do papa Francisco pelo centro. Este roteiro não fazia parte da agenda oficial do Vaticano enviada às autoridades brasileiras.

A nota distribuída pela Secretaria de Transportes da Prefeitura do Rio que divulgou o roteiro do papa no centro no fim na tarde deste sábado, informava que “foi incluída na programação oficial um percurso de carro aberto”. A mensagem divulgada por e-mail para os meios de comunicação tinha como assunto a “alteração na programação do papa Francisco”

A agenda oficial do papa, que está no site do Vaticano não menciona qualquer roteiro de papamóvel. As informações sobre esses trajetos sempre foram extraoficiais. Tanto que, na terça-feira, 16, a prefeitura fez ampla divulgação do esquema de trânsito durante os dias dos grandes eventos da Jornada (23, 25, 26, 27 e 28 de julho) e não mencionou fechamentos de ruas para passagem do carro especial do papa.

Na quinta-feira, 18, os responsáveis pelo esquema de trânsito foram informados de que seria incluído um novo trajeto no programa, mas somente na tarde deste sábado foi fechado o novo roteiro. A primeira versão da agenda, divulgada pelo Vaticano em 7 de maio, chegou a informar que o papa iria da Base Aérea do Galeão (Ilha do Governador, zona norte) até o Palácio Guanabara (sede do governo estadual, em Laranjeiras, zona sul) de papamóvel.

Naquele mesmo dia, a Arquidiocese e a prefeitura esclareceram que o trajeto de papamóvel seria bem menor, entre o 3º Comando Aéreo Regional (centro) ou entre o Palácio São Joaquim (Glória, zona sul) e o Guanabara.

Por causa dos recentes protestos contra o governador Sérgio Cabral Filho (PMDB), a ideia de o papa chegar de papamóvel ao palácio foi revista. As versões seguintes do roteiro deixaram de falar em passeios de papamóvel e não mencionam nem os trajetos conhecidos, na Praia de Copacabana (zona sul) e em Guaratiba (zona oeste).

Os passeios de Francisco fora de Copacabana e Guaratiba continuam incertos. Informações extraoficiais são de que ele chegará no carro especial ao Hospital São Francisco (Tijuca, zona norte) , na quarta-feira, 24), ao Palácio da Cidade (dia 25) e ao Theatro Municipal (dia 27).