Oposição pede que deputados deixem o plenário contra Cunha

Os parlamentares se concentraram na sequência no plenário do Conselho de Ética, aguardando que a porta seja reaberta e a sessão, que foi anulada, seja retomada

Brasília – Deputados da oposição pediram para que todos os parlamentares presentes no plenário da Câmara dos Deputados deixem a sessão comandada pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Diante da decisão de Cunha de não revogar a anulação da reunião do Conselho de Ética desta manhã, que discutiria a admissibilidade de relatório de cassação de seu mandato, os deputados começaram a deixar o plenário, pedindo a saída dele da presidência da Casa e cobrando posição do PT.

Eles seguiram até a sala onde haverá sessão do Conselho de Ética, aos gritos de “Fora, Cunha” e “Eduardo pode esperar, a sua hora vai chegar”.

A deputada Mara Gabrieli (PSDB-SP) foi uma das que cobraram a saída de Cunha da presidência e disse que a cada dia que passa sua permanência no comando da Câmara dos Deputados se torna insustentável.

Os parlamentares se concentraram na sequência no plenário do Conselho de Ética, aguardando que a porta seja reaberta e a sessão, que foi anulada, seja retomada.