Ônibus e caminhões são queimados na Grande São Paulo

Protesto que reuniu 300 pessoas terminou com oito veículos incendiados e lojas depredadas, de acordo com a Polícia Militar

São Paulo – Um protesto que reuniu 300 pessoas na madrugada de hoje (20) na periferia do município de Suzano, na Grande São Paulo, terminou com oito veículos incendiados e lojas depredadas, de acordo com a Polícia Militar (PM).

Os motivos da manifestação não foram divulgados, mas a Polícia Civil investiga se haveria relação com dois homicídios ocorridos na região.

Segundo a PM, o protesto começou às 18h40 no bairro Cidade Miguel Brada.

Os manifestantes atearam fogo em dois ônibus, quatro caminhões e dois carros.

Um ônibus e uma viatura da Polícia Militar foram depredados. Lojas e outros estabelecimentos também sofreram depredação.

O tumulto só foi controlado por volta das 3h.

Os policiais detiveram 21 pessoas, que foram conduzidas para a Delegacia Central da cidade.

No início da manhã, dois desses detidos ainda eram ouvidos pelo delegado e o restante já havia sido liberado.