Olavo de Carvalho rebate Doria e diz que tucano deveria ‘estudar história’

Doria disse que opiniões de Olavo não são importantes porque o escritor não mora no Brasil

São Paulo — O escritor Olavo de Carvalho rebateu a declaração feita pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), de que as opiniões de Olavo sobre o Brasil não são importantes “porque ele sequer vive aqui”. A fala de Doria foi feita em entrevista à Folha de S.Paulo desta quarta-feira, 3.

Apesar de publicar que não iria “brigar com Doria”, Olavo, que mora nos EUA, recomendou ao governador “estudar história para deixar de ser caipira e tomar conhecimento do grande número de patriotas brasileiros que viveram no exterior”, citando como exemplo o patrono da Independência José Bonifácio de Andrada e Silva e o líder abolicionista Joaquim Nabuco.

Olavo de Carvalho tem acumulado desgastes com integrantes do governo de Jair Bolsonaro e congressistas, motivados por suas críticas ásperas. Já foram alvos do escritor o núcleo militar do governo — especialmente o vice-presidente, Hamilton Mourão, e o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Alberto Santos Cruz —, alguns deputados federais do PSL e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), entre outros.