Oito manifestantes são detidos em protesto no centro do Rio

Os ativistas protestavam contra a Comissão Especial de Investigação de Atos de Vandalismo em Manifestações Públicas (Ceiv)

Rio de Janeiro – Durante protesto no centro da cidade, pelo menos oito manifestantes foram detidos pela polícia. A manifestação começou em frente à sede do Ministério Público.

Os ativistas protestavam contra a Comissão Especial de Investigação de Atos de Vandalismo em Manifestações Públicas (Ceiv).

O primeiro manifestante foi detido por estar mascarado. Ele está vestido com uma fantasia do personagem Batman, que não quis mostrar o rosto nem se identificar.

Quatro manifestantes também foram presos por usarem máscaras, o que é proibido por lei estadual. A lei determina que é “especialmente proibido o uso de máscara ou qualquer outra forma de ocultar o rosto do cidadão com o propósito de impedir-lhe a identificação” em manifestações.

Mais três manifestantes foram detidos por envolvimento em uma briga. A Polícia Militar não informou para qual delegacia os detidos foram levados.

Os manifestantes, a maioria integrantes do Black Blocs, se dirigiram para a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), onde fazem um ato em defesa do uso de máscaras em protestos. O grupo se juntou a professores em greve que estão acampados em frente ao Legislativo.

A frente do prédio foi cercada pela polícia. O protesto é pacífico. Com a manifestação, o trânsito na Avenida Presidente Antônio Carlos, uma das principais vias do centro, foi bloqueada.