Odebrecht adere a pacto empresarial de combate à corrupção

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira, a Odebrecht informa que a adesão faz parte do "aperfeiçoamento" do sistema de conformidade

A Odebrecht, uma das empreiteiras investigadas pela Operação Lava Jato, se uniu ao Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção, uma iniciativa do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social da qual 420 companhias fazem parte.

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira, a Odebrecht informa que a adesão faz parte do “aperfeiçoamento” do sistema de conformidade e do modelo de governança corporativa, além de expressar seu “compromisso público”.

Com a adesão, a empresa se compromete a “divulgar a legislação brasileira anticorrupção para seus integrantes e stakeholders, a fim de que ela seja cumprida integralmente”, além de “vedar qualquer forma de suborno” e “trabalhar pela legalidade e transparência” nas contribuições às campanhas políticas.

Além de integrar o pacto e de se comprometer a colaborar com as investigações “quando necessário”, a Odebrecht participará do Grupo de Trabalho pela Integridade e contra a Corrupção, que auxilia a implementação de políticas anticorrupção e mobiliza as empresas nesse tipo de combate.

Em junho passado, a Organização Odebrecht aderiu também ao Pacto Global da ONU sobre adoção de “boas práticas de governança”, ao qual outras empresas do conglomerado já se comprometeram, como a petroquímica Braskem e as subsidiárias em Angola e na República Dominicana.

Essa participação em ações coletivas, de acordo com a empresa, “está alinhada com as novas orientações” para se chegar a “melhores práticas internacionais”.