Obras em Confins não atrapalharão voos, garante Infraero

As obras de ampliação da pista começarão imediatamente, com conclusão prevista para fevereiro de 2014

Brasília – As obras de ampliação e reforma da pista no Aeroporto Internacional de Confins/Tancredo Neves (MG) serão realizadas sem provocar interrupções nas operações das companhias aéreas. A garantia foi dada pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e comunicada nesta segunda-feira, 16, ao governo de Minas Gerais.

Segundo a Infraero, houve reunião com representantes das empresas aéreas, inclusive com com a participação da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). Durante esse debate ficou definido, inclusive, o cronograma da execução dos trabalhos.

As obras na pista de Confins serão divididas em duas etapas: ampliação e reforma. As obras de ampliação da pista começarão imediatamente, com conclusão prevista para fevereiro de 2014. A pista será ampliada em 600 metros, passando dos atuais 3 mil metros para 3,6 mil metros. Segundo a Infraero, essa primeira etapa, com duração de 75 dias, não afetará as operações do aeroporto.

A segunda etapa envolve obras de união da pista atual com a parte da ampliação, o que deve durar 60 dias. Durante esse período, a pista será reduzida em 350 metros, sendo operada com 2.650 metros das 7 horas às 20 horas. Essa extensão, destaca a Infraero, atenderá todas as aeronaves que chegam ou partem de Confins nesse intervalo de tempo. No intervalo entre as 20 horas e 7 horas, as intervenções serão interrompidas, ou seja, a pista voltará a operar com 3 mil metros. Isso permitirá que os voos internacionais que pousam e decolam em Confins possam operar sem interferências, explica a Infraero.

As obras de reforma da pista de Confins, necessárias para melhorar as condições de segurança, atrito e durabilidade do asfalto, serão iniciadas em janeiro de 2014 e terminarão no final de abril de 2014. Para a execução dessa obra, a pista será interditada por sete horas diárias, das 23 horas às 6 horas. AApenas um voo internacional, que atualmente tem decolagem à meia-noite, será antecipado para as 23 horas. A pista será fechada somente após a saída dessa aeronave.