O time Temer; Renan e Lula citados…

Temer convoca o time

O vice-presidente Michel Temer quer trazer nomes de peso para a Fazenda, a Casa Civil e as áreas sociais. Os objetivos são conhecidos: tranquilizar o mercado com políticas mais aliadas à economia ortodoxa e também passar a mensagem de que não haverá cortes de programas sociais. Na bolsa de apostas, Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central no governo Lula; Armínio Fraga, nome cotado para a Fazenda durante a campanha de Aécio Neves; e Murillo Portugal, ex-presidente da Febraban. Para os ministérios vinculados à área social, fala-se no economista Ricardo Paes de Barros. Eliseu Padilha, articulador político do vice, é cotado para a Casa Civil ou para a Secretaria de Governo.

Dilma“injustiçada”

Na tarde desta segunda-feira, a presidente Dilma Rousseff veio a público pela primeira vez desde a votação favorável ao impeachment na Câmara dos Deputados. No pronunciamento feito à imprensa, a presidente disse que se sente injustiçada e indignada com os acontecimentos recentes. Dilma disse ainda que está sendo condenada por atos que outros presidentes também cometeram e que foi impedida de governar nos últimos 15 meses por uma série de pautas-bomba votadas no Congresso. O vice-presidente Michel Temer, para ela, está conspirando abertamente contra o governo.

Renan e Lula citados

O ex-diretor da area internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, disse em depoimento ao juiz Sergio Moro que o presidente do Senado, Renan Calheiros, recebeu 6 milhões de dólares de propina num contrato de navio-sonda da Petrobras. Ainda no âmbito da Lava-Jato, um laudo da Polícia Federal com base na quebra de sigilo da construtora Andrade Gutierrez mostrou pagamentos de 3,6 milhões de reais ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entre 2011 e 2014. O Instituto Lula afirmou que os pagamentos foram por palestras. Renan não respondeu.

A Anatel contra as teles

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) publicou nesta segunda-feira uma norma que impede as operadores de telefonia e serviços de banda larga de reduzir, cortar ou cobrar taxas extras dos consumidores que estourarem o volume de dados de internet. A medida explicita que, caso queiram realizar esses cortes, as empresas terão de disponibilizar ferramentas que ajam “de modo funcional e adequado” ao acompanhamento dos serviços.

Endividadas

A inadimplência das empresas brasileiras subiu 2,5% nos primeiros três meses deste ano em relação ao quarto trimestre de 2015. No acumulado dos últimos quatro trimestres, o volume de empresas endividadas no país alcançou 9,3%, valor 0,4 ponto porcentual superior ao apurado nos quatro trimestres anteriores. De acordo com a Boa Vista SPC, o cenário pode ser explicado por forte incerteza no país, retração da economia, alta da inflação e menor concessão de crédito.

Superávit

Num cenário de dólar ainda alto, a balança comercial brasileira registrou superávit de 925 milhões de dólares na terceira semana de abril, entre os dias 11 e 17. O número é resultado de 3,67 bilhões de dólares em exportações e de 2,74 bilhões de dólares em importações.

Fala, Meirelles

O ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles disse hoje que o Brasil vai precisar de um aumento de impostos no curto prazo para solucionar as dificuldades nas contas públicas. “Isso será proposto pela equipe que vier a assumir”, disse Meirelles, que está cotado para assumir um cargo num futuro governo de Michel Temer, em um evento nos Estados Unidos. Na área de política monetária, ele citou a independência do Banco Central, a manutenção de um regime de taxa de câmbio flexível, com “intervenções apenas para eventos de volatilidade excessiva”, e a manutenção das reservas internacionais do país.

Netflix supera expectativas

Após noticiar um aumento de assinantes acima do esperado em seu relatório trimestral, a locadora online Netflix viu suas ações subirem 7% antes do fechamento desta segunda-feira. A companhia disse que tinha 74,8 milhões de assinantes ao final de dezembro, quase 5 milhões a mais do que estava previsto pelo mercado. A empresa prevê um número ainda maior de usuários nos próximos relatórios, além de estudar maneiras de começar a atuar na China, um grande mercado ainda sem prospecção.