O mapa da desigualdade no Brasil

No último ano, renda dos mais pobres cresceu no Brasil. Os mais ricos, no entanto, viram uma redução dos rendimentos

São Paulo – A distância entre ricos e pobres se tornou menor no Brasil na última década. É o que revelam dados da Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios (PNAD) 2014, divulgada nesta sexta-feira.

Há 10 anos, o índice de Gini (que mede a concentração de renda em um dado lugar) estava em 0,542 no Brasil. No ano passado, o índice havia caído para 0,490 – em 2013, era de 0,495. Nessa escala que vai de 0 a 1, quanto mais perto de 1 maior a distância entre ricos e pobres em um determinado local.

A explicação para a queda se explica com o fato de que, ao longo de 2014, os brasileiros mais pobres tiveram um aumento de 4% na renda, já os mais ricos passaram a ganhar menos.

O Sudeste é a única região que não seguiu essa tendência no período. Veja o infográfico: