Noruega doará US$ 70 milhões ao Fundo Amazônia

A Noruega é o maior doador do fundo, criado em 2008 para apoiar iniciativas de redução do desmatamento e de uso sustentável dos recursos naturais

O Fundo Amazônia receberá do governo da Noruega uma doação de US$ 70 milhões. Conforme anúncio feito nesta terça-feira (4) pelo Ministério do Meio Ambiente, o aporte será realizado considerando que as emissões de carbono foram reduzidas no Brasil com a queda no desmatamento da Amazônia no ano passado.

A Noruega é o maior doador do Fundo Amazônia, criado em 2008 para apoiar iniciativas que incentivam a redução do desmatamento e o uso sustentável dos recursos naturais do bioma e beneficiam as populações que vivem na região.

No ano passado, o governo da Noruega doou US$ 41,8 milhões ao Fundo Amazônia. Na época, o Brasil apresentou os índices de desmatamento na região caíram 12% em relação a 2016.

A doação deste ano não levou em conta ainda o aumento de quase 14% da área desmatada registrada até julho deste ano e divulgada no mês passado.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, o apoio da Noruega possibilitou o aumento do controle contra atividades que têm impacto no desmatamento ilegal na Amazônia, como extração ilegal de madeira e mineração de ouro.

A pasta informou ainda que a redução do desmatamento nos anos anteriores evitou a emissão de mais de 4,5 bilhões de toneladas de dióxido de carbono. O volume corresponde a quase 100 vezes as emissões anuais da Noruega.