No Twitter, Maduro expressa solidariedade a Lula por ataque à caravana

Ele concluiu a mensagem dizendo que o ataque estaria relacionado ao "medo de perder o poder e escutar a vontade do povo"

São Paulo – Pelo Twitter, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, expressou “solidariedade” ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e “ao povo brasileiro” após o ataque a tiros à caravana do petista pelo Sul do País.

“A democracia está sendo atacada com pedras e balas no país irmão”, escreveu o líder chavista. Ele concluiu a mensagem dizendo que o ataque estaria relacionado ao “medo de perder o poder e escutar a vontade do povo”.