No Brasil, secretário norte-americano discute cooperação bilateral

Secretário de Defesa foi recebido pelo general Joaquim Silva e Luna e eles conversaram também sobre "melhor aproveitamento" da base de Alcântara

Brasília – O secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, foi recebido em Brasília pelo ministro da Defesa, general Joaquim Silva e Luna, que afirmou que os dois discutiram a situação da Venezuela e outros assuntos bilaterais.

“Foi um encontro bastante proveitoso, que nos permitiu ter uma troca de percepções sobre diversos assuntos”, disse o ministro após o encontro com secretário americano, que iniciou no Brasil uma viagem que inclui escalas em Argentina, Chile e Colômbia.

Durante a reunião, o general explicou que discutiu com Mattis como ajudar a Venezuela nessa “difícil situação” atravessada pelo país vizinho. No entanto, o ministro não deu detalhes da conversa.

Os dois também avançaram as conversas sobre um “melhor aproveitamento comercial” da base aeroespacial de Alcântara, no Maranhão, segundo Luna e Silva. O governo federal tem negociado com outros países o uso da base para o lançamento de satélites.

As discussões com os EUA sobre o tema se aprofundaram em julho durante uma visita do vice-presidente americano, Mike Pence, ao Brasil. Um futuro acordo depende de garantias na área tecnológica que ainda não foram plenamente debatidas entre as partes.

“Estamos trabalhando nesse sentido e a intenção é que cheguemos a um acordo no prazo mais breve possível”, disse Silva e Luna.

O general também revelou que discutiu com Mattis a cooperação bilateral em defesa cibernética, uma “preocupação constante” para o governo brasileiro, assuntos de direitos humanos e o papel de ambos os países em missões de paz.

Mattis tinha sido recebido previamente pelo ministro de Relações Exteriores, Aloysio Nunes. Após a reunião com o general Luna e Silva, o secretário americano viajou para o Rio de Janeiro, onde amanhã participará de um evento na Escola Militar de Guerra e visitará o Monumento Nacional aos Mortos na Segunda Guerra Mundial.

Nos próximos dias, com o objetivo de fortalecer a relação dos EUA com os países da região, Mattis visitará Buenos Aires, Santiago e Bogotá. O secretário volta para Washington na sexta-feira.