Nenhum projeto ficará pronto até a Copa, diz ANPTrilhos

São cinco obras prioritárias

Brasília – Nenhuma das cinco obras prioritárias de transporte por trilhos para a Copa do Mundo no Brasil ficará pronta a tempo dos jogos, segundo a Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos).

As cinco obras são o monotrilho de Manaus (AM) e o de São Paulo (SP), além do VLT em Cuiabá (MT), em Brasília (DF) e Fortaleza (CE).

“Ao apurar o balanço acerca da implantação efetiva desses projetos, o resultado é desalentador e mostra que o Brasil ainda precisa desenvolver sua capacidade de gestão de projetos para que possa tornar concretas as obras de infraestrutura previstas”, informou a associação.

“A oportunidade da Copa do Mundo poderia ter sido melhor aproveitada, mas a sociedade vai herdar alguma estrutura desses jogos”, disse o presidente do Conselho da ANPTrilhos, Joubert Flores.

“Para cumprir todas as exigências (para concluir uma obra), você precisa de um tempo muito grande no Brasil”, afirmou. “Pode até ter faltado gestão em algum projeto, mas seria leviano fazer essa afirmação. Você só pode tomar iniciativa quando você tem recurso para fazer”, reconheceu.

O recurso para essas obras é proveniente do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Flores argumentou, ainda, que há uma “lacuna de investimentos” em obras de infraestrutura no Brasil.

Flores afirmou ainda que discorda da avaliação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que não é necessário ter estação de metrô nos estádios de futebol.

“Eu discordo do ex-presidente. Se ele for pensar no cidadão, a estação não precisa ser dentro do estádio, mas precisa atender aos locais de interesse das pessoas, o estádio entre eles”, afirmou.

“Temos que respeitar o ponto de vista do ex-presidente, mas acho que essa declaração é mais política, para criar um fato.”

Na semana passada, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ser “babaquice” a ideia de oferecer condições para que os torcedores cheguem de metrô aos estádios que vão sediar os jogos da Copa do Mundo.

Durante palestra a blogueiros em São Paulo, Lula disse que o brasileiro vai até descalço ver as partidas.

“Nós nunca reclamamos de ir a pé (ao estádio). Vai a pé, vai descalço, vai de bicicleta, vai de jumento, vai de qualquer coisa. A gente está preocupado? Ah não, porque agora tem de ter metrô até dentro do estádio. Que babaquice que é essa?”, disse Lula.