Não vai ter “jeitinho brasileiro” na Copa, diz Felipão

Técnico debateu a preparação do Brasil para a Copa com o corinthiano Luis Paulo Rosenberg

São Paulo – O Brasil vai conseguir se preparar para a Copa do Mundo e fazer um campeonato exemplar. Essa é a opinião de Luis Paulo Rosenberg, vice-presidente do Corinthians, e do técnico Luiz Felipe Scolari, que debateram o assunto hoje em São Paulo, em seminário promovido pela revista britânica The Economist.

A conclusão foi que existirão sim alguns problemas como trânsito e transporte, mas que em tecnologia e outros pontos, “a Copa no Brasil será exemplar”, como defendeu Rosenberg.

“As pessoas que virão para cá vão passar alguma dificuldade, como nós passamos. Mas eu investiria no aeroporto de Guarulhos para o turista que vem por um mês ao invés de investir na educação? Não”, disse o vice-presidente do Corinthians.

Felipão também defendeu que não há porque imaginar que a Copa não será bem sucedida no país. Segundo ele, tudo o que a Fifa exigirá precisa ser feito – e a Fifa é muito exigente. “Não vai existir jeitinho brasileiro”, disse.