Nadadores barrados; Dilma dia 29…

Nadadores barrados

A polícia barrou, na noite de ontem, o embarque dos nadadores americanos Gunnar Bentz e Jack Conger, medalhistas olímpicos, no aeroporto do Galeão. Os dois chegaram a entrar no avião e foram retirados por policiais civis, com ajuda da Polícia Federal. Mais cedo, a Justiça havia mandado apreender os passaportes dos atletas e também de James Feigen e do campeão olímpico Ryan Lochte. Lochte já está nos Estados Unidos, mas Feigen vai prestar depoimento. Lochte deve ser ouvido por carta. A suspeita é que os quatro forjaram ter sido assaltados após deixarem uma festa na Zona Sul do Rio.

TCU bloqueia bens

O Tribunal de Contas da União determinou bloqueio de bens das construtoras Odebrecht e OAS e de um grupo de executivos por superfaturamento nas obras da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. O tribunal finalizou relatório que aponta desvios de até 2,1 bilhões de reais nas obras. Os executivos que tiveram os bens bloqueados por um ano são: o ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, o empresário Marcelo Odebrecht, o ex-diretor da Petrobras Renato Duque, além dos executivos Rogério Santos de Araújo e César Ramos Rocha, da Odebrecht, e José Aldemário Pinheiro Filho e Agenor Franklin Medeiros, da OAS.

Dia 29

O Senado agendou para o dia 29 a defesa final da presidente Dilma Rousseff. Ela confirmou nesta quarta-feira que irá pessoalmente ao plenário para falar por meia hora. O roteiro foi definido numa reunião entre Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal, e o presidente do Senado, Renan Calheiros. O processo começará no dia 25, uma quinta-feira, e se estenderá por cinco dias.

500.000 para Marta

A senadora Marta Suplicy, candidata à prefeitura de São Paulo pelo PMDB, recebeu 500.000 reais de caixa dois na campanha de 2010, segundo relataram em delação premiada executivos da construtora Odebrecht. A informação foi revelada pelo jornal Folha de S. Paulo. Marta, na época, estava no PT, mas depois abandonou a legenda sob a justificativa de estar cansada dos escândalos de corrupção do partido. A negociação teria sido feita com Márcio Toledo, atual marido da senadora. Marta afirmou que a Odebrecht não fez doação à sua campanha.

The hunt for Lula

O PT lançou uma cartilha para defesa internacional do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em quatro idiomas — português, francês, inglês e espanhol. Trata-se de mais um capítulo da ofensiva internacional do partido. Em julho, Lula havia recorrido ao Comitê de Direitos Humanos da ONU contra o juiz federal Sergio Moro, acusando-o de violação de direitos. Agora a cartilha afirma que Lula é vítima de um tiro ao alvo judicial realizado por Moro e pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Coisa de bêbado

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes afirmou, durante a sessão desta quarta-feira, que a Lei da Ficha Limpa é tão mal escrita que “parece ter sido feita por bêbados”. O Supremo definiu que cabem às câmaras estaduais, e não aos tribunais de contas, decidir sobre as contas dos prefeitos e sobre sua eventual inelegibilidade. A decisão interfere na aplicação da lei, já que retira dos tribunais o poder de punir prefeitos com contas reprovadas.

Reformulação de Trump

A três meses das eleições presenciais em novembro, o presidenciável Donald Trump promoveu uma nova reformulação em sua equipe de campanha. Para o recém-criado cargo de chefe executivo, o magnata nomeou Steve Bannon, dono de um conservador site de notícias políticas chamado Breitbart News. Analistas apontam que Bannon tem personalidade parecida com a de Corey Lewandowski, ferrenho defensor do lema “Deixe Trump ser Trump” e ex-chefe de campanha demitido há dois meses.

Fuga do embaixador

Desaparecido há alguns dias, o vice-embaixador da Coreia do Norte em Londres, Thae Yong Ho, divulgou nesta quarta-feira seu paradeiro, afirmando que decidiu fugir do território norte-coreano e agora se abriga com a família na vizinha Coreia do Sul. Para a agência AFP, Yong Ho afirmou que estava descontente com o governo de Kim Jong-un, desejava viver numa democracia e estava preocupado com o futuro dos filhos. Yong Ho é o mais alto diplomata a fugir do país desde 1997, quando o então embaixador do Egito também desertou e pediu asilo aos Estados Unidos.

Vitórias e derrotas

A seleção masculina de vôlei venceu a Argentina por 3 sets a 1 e se classificou para as semifinais dos Jogos Olímpicos, quando enfrentará a Rússia, algoz da final de 2012. Na praia, Ágatha e Bárbara não foram páreo para as alemãs Laura Ludwig e Kira Walkenhorst e ficaram com a medalha de prata. Na disputa do bronze, Larissa e Talita perderam para as americanas Walsh e Ross. O Brasil também vai encarar a Alemanha na final do futebol masculino. Ontem, a seleção brasileira goleou Honduras por 6 a 0, e a Alemanha venceu a Nigéria por 2 a 0.

Polêmica no hipismo

O resultado do hipismo repercutiu ao longo do dia. O cavaleiro Rodrigo Pessoa, campeão olímpico em 2004, disse que sua ausência fez falta à equipe. Ele foi colocado na reserva pelo técnico do time brasileiro, George Morris. O motivo foi a má qualidade de seu cavalo. Pessoa não concordou e abandonou a equipe. Em resposta, Álvaro Afonso de Miranda Neto, um dos titulares da equipe, afirmou que Pessoa deu sorte em ter ficado de fora, já que seu cavalo não estava à altura da disputa e ele poderia derrubar todos os obstáculos.