Na reta final, Serra sai menos e pede apoio por telefone

O ex-governador costuma pedir aos líderes que se engajem na prévia e convençam outros filiados a votarem a seu favor no domingo

São Paulo – A disputa por votos na prévia do PSDB de São Paulo chegou às linhas telefônicas às vésperas da votação. O ex-governador José Serra passou parte dos últimos dias ligando para cabos eleitorais tucanos e chega a conversar até 20 minutos com líderes locais na tentativa de convencê-los a aderir à sua pré-campanha.

Os alvos prioritários são militantes que, na avaliação da equipe de Serra, ainda não estão totalmente comprometidos com José Aníbal ou Ricardo Tripoli, seus adversários.

“O foco está em todos os filiados que tinham alguma possibilidade de mudar o voto”, resume um aliado de Serra.

A equipe do ex-governador elaborou uma lista com cerca de 50 nomes, incluindo presidentes de diretórios zonais, secretários e militantes que atuam em bairros onde Serra não esteve durante a pré-campanha.

O ex-governador costuma pedir aos líderes que se engajem na prévia e convençam outros filiados a votarem a seu favor no domingo. Serra diz ainda que pretende voltar a conversar com o militante para montar seu programa de governo.

Aliados acreditam que os líderes que recebem a ligação ficam sensibilizados ao ouvir sua voz. “Quando ele liga, a pessoa do outro lado da linha desmonta. Ninguém resiste a uma ligação do Serra”, conta um tucano.

Um militante que não deu bola para o telefonema de Serra desdenha. “Realmente, quem nunca abraçou o rei fica surpreso ao ver o rei acenar de longe.”

Percorrendo a lista de contatos, o tucano foi obrigado a falar com filiados que não quiseram conversa: declararam voto em Aníbal ou Tripoli, e o telefonema foi encurtado. Nesses casos, cada ligação dura no máximo um minuto. Serra agradece a atenção e desliga. Parte desses filiados avisou imediatamente os outros pré-candidatos sobre a ação de telemarketing de Serra.

Quem faz parte das ligações é a secretária de seu escritório político. Depois que atende e se identifica, Serra costuma elogiar projetos coordenados pelo militante e relembra feitos de seus períodos à frente da Prefeitura e no governo do estado.

O ex-governador cancelou parte dos encontros presenciais com a militância para fazer as ligações. Nesta semana, subiu ao palanque só uma vez.

A equipe de Serra também disparou mensagens de texto para os celulares dos filiados. O SMS dá o endereço do local de votação de cada tucano e traz um pedido de voto. “Prezado filiado, domingo é dia de votar na prévia do PSDB. Conto com o seu voto. Um abraço, José Serra”, diz a mensagem recebida por um militante. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.