MTST, de Boulos, ocupa tríplex do Guarujá, que levou Lula à prisão

"Se é do Lula, é nosso", diz a faixa estendida por manifestantes no tríplex atribuído a Lula pela Justiça

São Paulo – A frente Povo Sem Medo, do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), de que Guilherme Boulos é a face mais conhecida, ocupou nesta segunda-feira (16) o tríplex do Guarujá atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no processo que o levou à prisão.

O senador Lindbergh Farias (PT) publicou um vídeo no qual manifestantes entoam palavras de ordem e cantavam “pisa ligeiro, pisa ligeiro, quem não pode com a formiga não atiça o formigueiro”.

As imagens mostram algumas pessoas dentro do apartamento, com faixas estendidas que dizem “se é do Lula, é nosso” e “se não é, por que prendeu?”.

De acordo com as investigações da Justiça, o imóvel e a reforma, estimados em R$ 2,4 milhões, foram feitos pela empreiteira OAS em troca de favorecimento da empresa em contratos na Petrobras. Lula foi condenado a 12 anos e um mês de prisão, e já começou a cumprir a pena em Curitiba (PR).

 

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Então o MTST vai pagar a dívida de Lula de corrupção e lavagem de dinheiro?

  2. judson benedito brisolla franchi

    Lamentável tamanha bandidagem, afinal como que os “invasores” farão para sobreviver? vão virar pescadores ou farão assaltos e roubos na praia, o mais provável.

  3. Não noticiem isso, eles adoram propaganda. Tudo VAGABUNDO.