MPF e Odebrecht formalizam delação premiada, diz jornal

De acordo com a coluna Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o MPF pretende convocar Emílio Odebrecht, ex-presidente da construtora.

São Paulo – O Ministério Público Federal e a Odebrecht oficializaram um acordo de delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato

De acordo com a coluna Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, cerca de 50 executivos devem participar da delação. O MPF também pretende convocar Emílio Odebrecht, ex-presidente da construtora e pai de Marcelo Odebrecht, preso em junho do ano passado. 

De acordo com o jornal, a empresa se comprometeu a detalhar como foi o financiamento das campanhas da chapa Dilma-Temer e a de Aécio Neves na disputa presidencial de 2014.